Como explicar as tragédias às crianças?

September 11, 2017 - João Moreira Pinto

1 Comment

Numa altura em que as televisões estão inundadas de notícias de catástrofes naturais, terrorismo e tragédias humanas várias, a revista JAMA Pediatrics publicou uma informação para pais muito útil. Como pais, é importante termos estratégias para explicar estes acontecimentos às crianças que são expostas a estas desgraças, seja através das notícias, seja por serem personagens secundárias das mesmas.

 

Apesar da explicação ter que ser moldada a cada criança e a cada evento em particular, existe uma estratégia base. O ponto central é a comunicação. Independentemente da idade da criança é preciso ouvir as perguntas e as dúvidas das criança e perceber o que ela já sabe sobre o assunto. Fazer algumas perguntas para a conversa se ir desenrolando naturalmente. Depois, é preciso transmitir tranquilidade à criança, explicando que nós adultos estaremos sempre presentes para os ajudar e que é normal eles se sentirem preocupados/apreensivos com as notícias que ouvem.

 

As crianças mais pequenas podem sentir-se mais inseguras e terem dificuldade de separar o real da fantasia. Faz sentido tentar protegê-las das notícias das televisões e das redes sociais. E, na inevitabilidade de lhes ter que colocar a par duma notícia traumática, é preferível fazê-lo através das nossas palavras do que expondo-os a imagens chocantes.

 

As crianças mais velhas e os adolescentes terão acesso às imagens mais tarde ou mais cedo, pelo que mais vale vê-las com eles e estar preparado para as muitas questões que possam surgir: o que causou, o que vai acontecer às pessoas, como podemos protegê-los, etc. Se possivel, podemos até ver as notícias antecipadamente, para nos preparamos para as questões.

 

Estratégias para ajudar as crianças a superarem uma tragédia:

  • manter a calma (‘ser uma presença de calma’). É normal um adulto chorar, mas se fôr demasiado emocional considere sair da frente das crianças;
  • transmitir segurança. Considerar desenhar com os filhos um plano de emergência, caso algo semelhante à tragédia em causa aconteça;
  • manter a rotina. Manter as horas normais das refeições e as tarefas rotineiras como banhos e trabalhos de casa, ajuda a dar uma sensação de normalidade;
  • passar mais tempo juntos. Reforça a sensação de segurança;
  • encoraje as crianças a falar das suas emoções.
  • ajudar a comunidade. Arranjar formas de ajudar as comunidades e as famílias afectadas torna-nos mais úteis.

[fonte: abc.net.au]

Subscreva a newsletter d’E os filhos dos Outros.

João Moreira Pinto

One thought on “Como explicar as tragédias às crianças?

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *