A pista mais importante

Entreter uma criança de 3 anos em casa, quando o tempo lá for não recomenda passeios, é dose. DIY não é o meu forte, mas tenho-me esforçado. Publiquei no instagram uma experiência doméstica, que ‘nos’ manteve ocupado grande parte da tarde de Domingo. Uma ideia para os fanáticos dos carros, que podem copiar passo-a-passo:

  1. Coleccionar rolos de cartão. Podem ser do papel higiénico ou do papel de cozinha. Com a conivência das auxiliares da consulta, desviei três rolos do papel das marquesas. (Não digo em que hospital, para não denunciar as minhas cúmplices.)
  2. Cortar um rectângulo em cada uma das pontas (o suficiente para caber um carrinho).
  3. Colorir os rolos a gosto. Podem-se fazer todo o tipo de enfeites, nós optámos por pintar com canetas de feltro apenas. Os desenhos naives (rolo de baixo) são meus, enquanto a réplica de Pollock (rolo de cima) é do JM.
  4. Colar os rolos numa parede ou numa porta em diagonal, de forma a que os carros passem de um para o outro sem saírem da pista. Pode-se usar fita cola de dupla face, velcro ou outra coisa qualquer que prenda bem os rolos à superfície vertical.

Simples, não é?

João Moreira Pinto

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *