Evitar a morte súbita do lactente com a chupeta (mas não só)

Ainda no que diz respeito às chupetas saiu outro estudo muito interessante. Na última Pediatric Academic Societies Meeting, a Dra. Rosemary Horne apresentou os resultados de um estudo feito em 37 lactentes, em que mostra que o uso de chupeta no acto de adormecer provoca variações da frequência cardíaca e da tensão arterial maiores durante o sono, o que pode ter um papel protector na prevenção da morte súbita..Há muito tempo que se sabe que o uso da chupeta ajuda na prevenção do Síndrome de Morte Súbita, mas o mecanismo exacto pelo qual ela actua é ainda desconhecido. De facto, sabemos hoje que, para além da falta de ar, tão ou mais importante na génese da morte súbita do lactente poder estar uma má resposta do sistema cardiovascular a variações da tensão arterial. Daí, as recomendações clássicas:

  • Deitar o bebé para dormir sempre de costas. Uma grande luta, pois é difícil convencer os pais (e principalmente os avós) que a criança tem a mobilidade necessária para virar a cabeça se se engasgar durante a noite. Confiem, é muito mais perigoso que eles estando de lado ou de barriga para baixo rodem a cabeça e a prendam contra o colchão.
  • Prender o bebé de forma a que ele não vire durante a noite. Repito, o pescoço é suficiente móvel para o bebé reagir a qualquer vómito ou acesso de tosse que surja. Cá em casa, usamos aqueles sacos-cama com suspensórios, em que a criança fica literalmente vestida com a roupa de cama. Permite que o MM mexa livremente as mãos e os pés, mas de forma alguma se consegue virar.
  • Quando acordado, deitar o bebé de barriga para baixo alguns minutos por dia, para que ele faça exercício e fortaleça os músculos do pescoço. Assim, se durante a noite, ele virar de barriga para baixo, terá força para rodar a cabeça e respirar.
  • Não deitar o bebé na cama com os pais. Muitas vezes, os pais adormecerão primeiro que a criança, correndo o risco de sufocá-la, seja pelo excesso de calor na cama ou com o peso do seu próprio corpo. Muito cuidado com a amamentação na cama.
  • A cama do bebé deverá ter um colchão firme e livre de bonecadas que lhe possam tapar a cara.
  • Não sobreaquecer o ambiente do quarto nem a cama. O sobre-aquecimento relaciona-se com uma diminuição da tensão arterial e uma maior dificuldade em respirar.
  • Usar chupeta para adormecer. Ela cairá passados uns minutos de adormecer, mas não é necessário voltar a colocá-la.
  • Manter o bebé (a dormir ou acordado) longe do fumo. Já escrevi um bocadinho sobre os malefícios do tabaco, quando recomendei uma aplicação para ajudar os fumadores (aqui).
[fonte: ikea.pt]

No website da Sociedade Portuguesa de Pediatria existe informação mais completa sobre o Síndrome de Morte Súbita do Lactente e tudo o que podemos fazer para evitar. Passem por lá, porque é sempre bom recordar.

João Moreira Pinto

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *