Historietas do carnaval

Ando mesmo sem tempo para a escrita. (E a falta que ela me faz…) Enquanto não volto de uma forma regular, deixem-me que vos conte uma pequena historieta protagonizada pela Mãe por ocasião do Carnaval.

Como poderão saber, andamos em mudanças e, tratar de fantasias para os pequenos não estava entre as nossas prioridades. (Aqui que ninguém nos ouve, as mudanças são uma desculpa, porque acho que, mesmo nos outros anos, nunca perdemos muito do nosso tempo a programar as vestimentas carnavalescas dos miúdos.) Na véspera (ou dois dias antes) da festa na escolinha do MM, surgiu a necessidade de arranjar um disfarce para o rapaz. Solução clássica: pedir emprestado.

Uma amiga-Mãe tinha um fato de condutor de automóveis para 2 anos. Perfeito. O MM gosta de carros. (Por mais liberal que sejamos cá em casa, os meus filhos não fogem dos estereótipos.) Vestido com o fato-macaco à corredor, chega a hora de colocar o boné com o patrocinador. Acontece que o rapaz é cabeçudo e o oné ficava-lhe apenas pousado sobre a nuca. Solução materna: acrescentou-lhe um bigode e uma caixa de ferramentas para a mão. Foi vestido de mecânico.

E o JM? Esse decidiu ele. Cowboy. Duas pistolas, sem bigode. Não há cá histórias. Bang!  


João Moreira Pinto

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *