Tudo sobre o sono dos bebés

A convidada desta semana é a Dra Clementina Almeida. A Dra. Clementina licenciou-se em Psicologia na Universidade do Porto, especializou-se em psicologia dos bebés (Infant Mental Health) na Universidade do Minnesota (EUA) e é actualmente doutoranda na Universidade de Coimbra. A Dra. Clementina trabalha no Hospital da Arrábida e tem o seu projecto próprio, o For Babies, de que já falei aqui. Ela fala-nos sobre uma das suas especialidades ‘as pertubações do sono’. A informação é tanta e tão completa, que deu matéria para dois textos. Espero que gostem tanto como eu gostei.

Tudo sobre o sono dos bebés
Clementina Almeida

As perturbações do sono são algo muito comum nos bebés, e uma das principais razões que levam os pais a virem à minha consulta! Mas, será possível prevenir as dificuldades de sono de um bebé, e estabelecer hábitos de dormir saudáveis?! Algumas coisas a saber:

O sono de um bebé não é igual ao sono de um adulto! Por isso não faz sentido esperar que os bebés durmam como nós, principalmente nos primeiros tempos de vida.

Os padrões de sono dos bebés variam em função de: a sua idade, se são amamentados ao peito ou ao biberão, do local onde dormem e do seu temperamento.

Sendo que a frequência de despertares noturnos se distribui mais ou menos assim: recém-nascidos 100%; dos 6 aos 12 meses 20 a 30 %; até aos 4 anos um em cada três bebés continua a acordar durante a noite necessitando da intervenção dos pais para voltar a adormecer.

Muitas vezes até os bebés que já conseguem dormir a noite completa, começam a acordar devido a: dores de dentes (mesmo que não se consigam ver ainda), desconforto provocado por constipações e outras doenças, estar a desenvolver alguma nova competência motora ou cognitiva e por isso a praticar durante o sono, ansiedade de separação ou pesadelos

Mas, porquê que os bebés não podem ser um bocadinho mais parecidos com os adultos no seu sono? Vamos falar um pouco sobre o sono de um adulto. Primeiro, quero ressaltar que nós temos uma imagem errada do sono de um adulto. A maioria de nós acredita que dorme seguido cerca de sete ou oito horas, direto sem interrupções. Isto porque, normalmente lembramo-nos de ir para a cama e de adormecer e depois só nos lembramos de ter acordado às 7 da manhã, e não nos lembramos muito do meio…

Mas isso não é bem assim…Como é que um adulto dorme: normalmente temos uma rotina antes de ir para a cama, depois adormecemos diretamente para o Sono profundo durante cerca de 90 min., depois passamos para o sono REM durante cerca de 20 min.,  depois para o sono leve e,… voltamos a repetir o ciclo, ou seja vários acordares REM noturnos dos quais não guardamos memória!

Ou seja, a  maior parte dos adultos (que dormem bem), acorda levemente 4 horas após ter adormecido. Normalmente arranjam a almofada, viram-se para o outro lado e continuam a dormir, a maior parte das vezes nem se apercebendo do que está a acontecer.

Pelo contrario, os bebés acordam varias vezes durante a noite, ou melhor estão sempre a acordar!! Muitas vezes porque precisam de comer ou de um aconchego. Acredite que o bebé acorda ainda mais vezes do que aquelas em que, o acorda a si!!! Porque os seus ciclos são muito mais curtinhos.

Como é que os bebés dormem? Os pais acalmam os bebés até eles adormecerem e aí os bebés entram nos seus ciclos de sono.

O sono dos bebés inicia em Sono REM: (membros flexionados, o bebé por vezes assusta-se, contrações musculares, chucha, faz caretas). Após cerca de 20 minutos, os músculos relaxam (membros flácidos), e a respiração torna-se regular. De seguida cerca de 40 minutos de Sono profundo, e depois 20 min. de Sono Leve. Depois o ciclo repete-se!

Isto quer dizer por exemplo que se tentar colocar o bebé na fase de sono REM, antes de terem passado os 20 min, ele vai despertar e começar a chorar.

Em cada hora de sono os bebés passam uma vez de Sono profundo para Sono leve, e portanto o ideal é tentar eliminar tudo o que possa perturbar o sono do bebé em particular na fase de Sono Leve. Alguns bebés conseguem voltar para o sono sozinhos, mas outros podem necessitar de uma ajudinha, a sua mão na barriga, a chucha, etc…

Bom, por aqui se percebe que o sono do bebé é muito diferente do nosso. Os Ciclos de sono são muito mais curtos que as dos adultos, e passam mais tempo no sono REM, que é considerado necessário para o desenvolvimento cerebral extraordinário que decorre nesta altura.

(Continuação)

João Moreira Pinto

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *