Vamos programar?

Há 3 anos, partilhei aqui um texto sobre a importância que a linguagem informática poderá vir a ter na vida dos nosso filhos.  Passado este tempo todo, continuo cada vez mais convicto que dominar código informático será cada vez mais uma mais valia e mesmo um inevitabilidade.
A informática está omnipresente na vida moderna, da medicina às artes, da cozinha à engenharia, e por aí fora. Apesar de achar que o Português (nossa língua materna, a quinta língua mais falada no mundo e terceira mais falada no mundo ocidental) e o Inglês devem ser a prioridade no que ao ensino das nossas crianças diz respeito, considero que devemos estar atentos a esta tendência. No futuro, quem souber programar poderá personalizar a tecnologia a seu gosto, programar soluções informáticas para problemas antigos, inovar.

Projectos como o Code e o Codermodjo fornecem ferramentas de aprendizagem e organizam grupos de alunos por todo o mundo para incentivar o ensino de programação informática a crianças. Recentemente, surgiu a IT Kids, uma escola de programação portuguesa, dirigida aos mais novos, mas que também apoia escolas que queiram começar os seus próprios projectos. Começam também a aparecer livros para pais e professores que queiram por sua iniciativa ensinar os seus filhos ou alunos a programar. A Booksmile editou recentemente dois livros: ‘Vamos Programar’ e ‘Vamos Programar – Guia para Pais e Professores‘. O segundo último serve para ajudar os pais e os professores a lidarem com o primeiro. Ajuda página a página e explica algoritmos, ciclos e variáveis,  bugs, Logo, Scratch, Python, HTML,  JavaScript e outras coisas que em breve saberei o que significam. É que já o tenho cá em casa. Será a nossa actividade extra-curricular conjunta, agora que o JM vai começar a primária.

 

vamos programar capavamos programar guia adultos capa

João Moreira Pinto

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *